Quando falamos em saúde bucal, logo pensamos no cuidado com os dentes. Contudo, cuidar da gengiva é tão importante quanto a limpeza dos seus dentes.

Isto porque é nela que se desenvolvem problemas graves como a gengivite e a periodontite, que, se não tratados, podem levar à perda dos dentes e a outros problemas decorrentes de infecções bucais (as bactérias podem se deslocar para o sistema circulatório e desencadear doenças do coração e de outros órgãos).

Por isso, ter um sorriso bonito e saudável não se trata apenas de se preocupar com os seus dentes. Nós vamos te ensinar 9 dicas para cuidar melhor da sua gengiva:

1. Entender o que é gengivite e suas causas

A gengivite é uma inflamação na gengiva causada pela placa bacteriana — uma película transparente composta por várias bactérias que decompõem os restos de alimentos, produzindo um ácido que ataca os dentes e gengiva. 

A placa que se forma nos dentes, quando não removida através da escovação e uso do fio dental, provoca a infecção da gengiva. A gengivite é o primeiro estágio da inflamação, podendo evoluir para a periodontite — em que os ossos e fibras são danificados — e até mesmo para a periodontite avançada — estágio em que os ossos e fibras já estão completamente danificados e não há mais sustentação para os dentes.

2. Escovar bem os dentes

Faça uma boa escovação dental pelo menos 3 vezes ao dia com creme dental com flúor. Assim, é possível remover a placa bacteriana (que também pode causar cáries, além da já citada gengivite).

Dicas:

  • não use muita força ao escovar os dentes, porque isto pode ferir as suas gengivas. Pratique movimentos suaves e delicados;
  • utilize movimentos circulares para os dentes de trás e, para os dentes da frente, movimentos de cima para baixo e vice-versa;
  • escove também a língua, usando a escova ou raspador de língua, pois é outro local onde as bactérias costumam ficar alojadas.

3. Escolher um bom creme dental

Siga a orientação do seu dentista na escolha da pasta. Mas, no geral, as pastas com flúor (anticárie) são as mais recomendadas. Opte por um creme dental que possua em sua fórmula combatentes à placa bacteriana, que é a principal responsável pelas doenças nas gengivas.

4. Usar fio dental

O fio dental ajuda na remoção da placa bacteriana e na prevenção do tártaro, mantendo a limpeza profissional por muito mais tempo, pois consegue remover os restos de alimentos que ficam entre os dentes, onde a escova não consegue alcançar. É recomendado utilizar o fio dental no mínimo uma vez ao dia.

Existem 2 tipos de fio dental: nylon e fibras. Os que são compostos por fibras se desfiam facilmente, por isso o ideal é usar os de nylon, com filamento único para quem possui dentes muito juntos, porque eles deslizam com maior facilidade e não se rompem.

Dica: enrole 50 cm de fio dental nos dedos médios. O polegar e o indicador vão segurá-lo. Passe o fio dental esticando entre os dentes abraçando-os, deslizando na horizontal e vertical. Deslize o fio na gengiva com movimentos bem suaves.

5. Completar a escovação com um enxaguante bucal

Os enxaguantes bucais não são substitutos para uma boa escovação ou a utilização do fio dental: são uma medida complementar.

Eles atuam diretamente nas bactérias, reduzindo a proliferação da placa e proporcionando um hálito muito mais fresco e agradável. Dê preferência aos produtos sem álcool.

6. Ir ao dentista regularmente para fazer uma limpeza profissional

O dentista fará uma avaliação bucal e poderá detectar se existe algum problema, além de tratá-lo para que ele não se desenvolva. Ele irá também indicar os locais onde há deficiência no processo de higiene bucal.

Para cuidar melhor da saúde de seus dentes e gengiva, deve ser feita uma limpeza profissional pelo menos duas vezes no ano.

Além disso, peça para ele recomendar o melhor tipo de escova para o seu caso.

7. Ter muito cuidado com a alimentação

Evite consumir alimentos com muito açúcar, pois eles são muito difíceis de sair dos dentes por serem pegajosos.

Tenha uma dieta balanceada com menos açúcar e amido, porque estes alimentos colaboram na formação da placa bacteriana.

Lembre-se de mastigar bem os alimentos, pois isto fará com que sua digestão e absorção sejam mais eficazes.

Dica: a maçã é um dos melhores alimentos para a saúde de suas gengivas, porque ela ajuda a limpar os dentes e a eliminar a placa bacteriana. Outras frutas — como a laranja e a pera — também beneficiam as gengivas, pois requerem forte mastigação, o que estimula a circulação sanguínea da área.

8. Evitar bebidas alcoólicas, refrigerantes, balas e chicletes

Alimentos com muito açúcar ou bebidas ácidas podem “dissolver” os dentes, pois, como citamos no item anterior, são muito difíceis de sair dos dentes. Desta forma, a ingestão do açúcar deve ser sempre controlada.

Balas e chicletes permanecem por cerca de 10 minutos ou mais na boca, ficando por muito tempo na cavidade bucal, aumentando a exposição dos dentes ao baixo pH (acidez) provocado pelas bactérias. Se você quiser comer um doce, escolha algo que vai ficar em sua boca somente no período da mastigação.

9. Diminuir o inchaço para cuidar da gengiva

Muitos fatores podem causar o inchaço nas gengivas, como irritações relacionadas a algum alimento ou bebida, cárie e outros problemas bucais. A maneira correta de entender a causa é consultando um dentista, mas você poderá diminuir o inchaço com algumas dicas caseiras:

  • escovar bem os dentes, passar o fio dental e fazer bochecho usando água com sal;

  • beber bastante água;

  • massagear suavemente as gengivas;

  • não evitar a escovação e o fio dental em áreas que estão inflamadas, com sangramento. Aumente o cuidado nestes locais!

     

Seguindo as nossas dicas, com uma boa alimentação, escovação e consultas frequentes a um profissional, além de um sorriso brilhante, você terá uma gengiva saudável, evitando possíveis complicações, como a gengivite e outros problemas relacionados.

Agora que você sabe como cuidar da sua gengiva, assine a nossa newsletter e tenha acesso a mais dicas para melhorar sua saúde bucal!