Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o completo bem-estar de uma pessoa não está ligado apenas a inexistência de alguma doença sistêmica. Outros fatores têm influência na satisfação pessoal, e a saúde bucal está entre eles.

O impacto na autoestima e na qualidade de vida é muito significativo, sendo inclusive um tema recorrente de estudos na área da psicologia. As pessoas se sentem não só mais bonitas, como mais seguras no seu dia a dia quando possuem um sorriso atraente.

Para entender melhor essa relação, leia o post de hoje e perceba a importância de manter os cuidados bucais em dia.

Os principais problemas

Embora existam tantos outros, certos problemas são os maiores responsáveis por afetar a estética e a saúde bucal das pessoas. Questões como a substituição de dentes perdidos ou a modificação da cor e o posicionamento são as mais pedidas nos consultórios.

Perda óssea e dentária

A perda de dentes e do seu osso de sustentação estão entre os principais problemas, já que prejudicam não só a estética, mas outras funções, como a mastigação e a boa digestão. 

A maioria dos casos são causados por doenças periodontais e cáries não tratadas, que abalam a estrutura dos dentes. Assim, o sorriso pode começar a apresentar falhas e causar um grande incômodo.

Tal condição é, muitas vezes, associada ao envelhecimento, por ser mais comum que idosos apresentem restaurações e próteses dentárias. Mas essa já não precisa ser uma realidade nos dias atuais, pois, mantendo a saúde bucal em bom estado, é possível conservar todos os dentes ao longo da vida.

Diastema

O nome é pouco conhecido, mas um sorriso com diastema é aquele que tem espaços entre os dentes, formando uma espécie de buraco. O tipo mais recorrente acontece entre os dois dentes superiores da frente, causando um impacto significativo na aparência.

Mesmo que o paciente apresente uma boca saudável e não se importe tanto com a estética, o diastema acaba servindo como um caminho para outras complicações. Ele facilita o acúmulo de alimentos e resíduos, o que pode causar mau hálito, cáries e inflamações na gengiva, por exemplo.

Dentes amarelados e com manchas

É natural que os dentes escureçam com o passar do tempo, ficando mais amarelados. Contudo, alguns alimentos e hábitos, como o consumo de cigarro, aceleram esse processo. Além disso, existem casos de manchas por razões internas da estrutura dentária.

Tal situação pode causar bastante desconforto para a pessoa, passando uma impressão negativa de que os dentes estão sempre sujos ou descuidados. Assim, mesmo com muita escovação, a aparência do sorriso não será modificada e requer um tratamento.

Halitose

Aparentemente pode estar tudo bem com o sorriso, mas basta a pessoa abrir a boca para vir aquele odor desagradável. E o mau hálito pode não ser momentâneo (devido a ingestão de um alimento mais forte), mas se transformar em um problema grave que leva até ao isolamento social.

Apesar da sua causa não ser necessariamente um problema bucal, mas vinda de algum outro desequilíbrio no organismo, o dentista também será importante para o diagnóstico e a solução desse distúrbio.

Como a odontologia pode solucionar

A evolução dos tratamentos odontológicos oferece cada vez mais soluções para quem deseja melhorar o sorriso e cuidar bem da saúde bucal. Mesmo assim, os cuidados diários com a higiene oral nunca podem ser negligenciados, pois são determinantes para prevenir uma série de danos.

Os aparelhos ortodônticos, por exemplo, são essenciais para garantir dentes mais alinhados e harmoniosos. Os benefícios desse tipo de tratamento não se limitam à estética, mas também influenciam a mastigação, a respiração, a dicção e até a qualidade do sono das pessoas.

Já outros procedimentos estéticos visam a correção de falhas, devolvendo um aspecto natural e saudável ao sorriso do paciente. Dentre os mais comuns estão:

  • clareamento dental;
  • implantes;
  • restaurações;
  • próteses;
  • facetas de porcelana.

Os riscos da negligência com a saúde bucal

Um estudo da Faculdade de Medicina da USP, em Ribeirão Preto, fez uma entrevista com idosos para avaliar a sua satisfação com a saúde bucal. Dentre outros resultados apurados, foi identificado que aqueles que possuíam menor escolaridade estavam mais insatisfeitos.

Esse é um sinal de que o tema merece maior atenção para elevar a conscientização e o próprio bem-estar das pessoas. O costume de visitar o dentista somente quando algo está doendo ou incomodando deve ser abandonado.

O acompanhamento regular com um bom profissional é essencial para fazer a manutenção da higiene e detectar problemas precocemente. Quando o prazo entre uma consulta e outra é prorrogado, a tendência é que os problemas sejam agravados e resultem em situações mais sérias, como a perda dentária.

Além do mais, ainda que as soluções tenham evoluído nos últimos anos, é muito mais fácil, indolor, rápido e barato tratar um caso simples do que um que já se encontra em estágio avançado.

Um verdadeiro impacto na autoestima

Em geral, não dá para negar que o ser humano se importa com a sua aparência e busca sempre melhorá-la. Afinal, o bem-estar psicológico passa por muitos fatores além do estado de saúde, como as realizações profissionais, a vida social e afetiva, a forma física e até mesmo a saúde bucal.

Por isso, muitas vezes o comportamento retraído é um reflexo da insegurança causada por um problema dentário. Uma pessoa que se sente assim não sai com os amigos, tem dificuldade nas entrevistas de emprego, não consegue encontrar um companheiro e tende a ficar doente com mais frequência.

Assim sendo, não é um exagero dizer que os procedimentos odontológicos podem realmente mudar a vida de alguém. Os benefícios vão muito além da sensação de prazer ao olhar-se no espelho e ficar mais satisfeito.

E não há idade para investir na conquista de um belo sorriso, sendo que os cuidados devem vir desde os primeiros meses de vida. Mesmo na terceira idade, esse cuidado deve ser uma prioridade, uma vez que pode devolver a alegria, a segurança e a tranquilidade de sorrir sem medo.

Conseguiu perceber como uma boa saúde bucal influencia a autoestima das pessoas? Por isso é tão importante não deixar de lado a higiene e os tratamentos odontológicos. E agora, para continuar recebendo informações sobre assuntos dessa área, assine já a nossa newsletter!