A dor do dente siso é uma sensação que a grande maioria das pessoas experimentará. Afinal, entre 15 e 21 anos, esse terceiro molar pode começar a nascer e causar uma inflamação na gengiva, chamada de pericoronarite que é a responsável pelo estado doloroso.

Essa dor, decorrente do acúmulo de placa e resíduos alimentares sob a gengiva que ainda não descolou totalmente da coroa do dente, pode se estender para o ouvido e refletir nos ossos da face, e é por isso que ela incomoda tanto. Mas é possível minimizar o desconforto com medidas simples que podem ser realizadas em casa.

Continue lendo para conferir algumas formas de aliviar a dor do dente siso até que chegue o dia da consulta com o dentista.

1. Fazer bochechos

O sal estimula reações analgésicas e anti-inflamatórias no organismo, por isso, é eficaz para amenizar a dor do dente siso quando combinado com água morna. Basta aquecer 200 ml de água e acrescentar uma colher de sobremesa de sal.

Faça bochechos com essa solução, pelo menos, três vezes por dia, dando ênfase para a região onde o dente está nascendo. Movimente a água gentilmente por alguns segundos e cuspa. Não é necessário enxaguar a boca.

2. Aplicar compressas

Compressas frias e quentes ajudam a aliviar a dor, mas cada uma tem indicações diferentes. A quente é recomendada quando a dor está latejante, uma sensação que se estende para os ossos do rosto.

A compressa fria é indicada quando existem sinais de inflamação. Se a gengiva estiver inchada, avermelhada, ferida e sangrando, essa é a melhor opção, porque a baixa temperatura minimiza o processo inflamatório.

Em ambos os casos, a compressa é aplicada pelo lado externo, onde o dente está nascendo. Procure proteger a pele e evite colocar peso demais. Uma aplicação de 15 a 20 minutos três vezes por dia é suficiente.

3. Mudar a alimentação temporariamente

Enquanto o dente estiver nascendo, é interessante fazer mudanças na alimentação. Isso porque a textura de alguns alimentos pode ser prejudicial para a gengiva, enquanto ela está fragilizada e sensível.

Prefira alimentos mais macios ou pastosos, evitando aqueles difíceis de mastigar e duros. Também tenha o cuidado de evitar pratos muito quentes, porque o calor pode agravar a inflamação.

4. Aplicar um medicamento tópico

Nas farmácias, você encontra medicamentos que podem ser aplicados na gengiva para aliviar a dor do dente siso. Aqueles em spray são mais confortáveis, já que não é necessário tocar o local para aplicar a medicação.

Converse com o farmacêutico e explique o seu quadro para que ele indique um analgésico eficaz. O ideal é que a substância ajude a amenizar a inflamação, reduzir a dor e manter a higiene da região. Não se esqueça de seguir a forma de uso recomendada na bula.

5. Usar medicamentos naturais

As plantas também têm ação terapêutica para amenizar a dor do dente siso e são uma alternativa para quem deseja um tratamento mais natural. Você pode usar o limão, o chá-preto ou a salsa.

No caso do limão, seu suco pode ser aplicado diretamente sobre o local dolorido ou acrescentado à água morna com sal para fazer bochechos. O chá-preto é eficaz na forma de compressas locais e pode ser consumido ao longo do dia.

A salsa pode ser mastigada para que libere suas substâncias benéficas ou você pode macerar as folhas e aplicá-las sobre a gengiva inflamada. Todas essas opções ajudam a reduzir a dor, diminuir a inflamação e manter a assepsia do tecido.

6. Manter a higiene em dia

É fundamental manter a higiene do dente que está nascendo e da gengiva. Essa é a dica principal porque, sem o devido cuidado, resíduos de alimentos se depositarão ali, estimulando a formação da placa bacteriana e agravando a inflamação.

Use uma escova macia para evitar lesões e faça as cerdas penetrarem na gengiva que ainda está sobre o dente. Faça isso mesmo que ocorra sangramento gengival momentâneo, pois este é decorrente da pericoronarite local. Se o incômodo for grande demais, prefira um cotonete para fazer uma higienização mais delicada, utilizando um antisséptico a base de Gluconato de Clorhexidina a 0,12%. O importante é não deixar de fazer essa limpeza.

Mesmo com essas opções para aliviar a dor do dente siso, é fundamental consultar um dentista. Afinal, ela pode ser decorrente de problemas com o nascimento do dente, exigindo sua extração. Somente o profissional pode avaliar o seu caso profundamente e indicar o tratamento adequado.

Como todo mundo pode sentir essa dor, compartilhe nossas informações em suas redes sociais para ensinar seus amigos a como aliviá-la.