Se você sofre de refluxo gastrointestinal, conhece muito bem os sintomas e sabe quão desagradável é aquela sensação de que a comida não lhe caiu bem. Mas, você sabia que o refluxo pode afetar também sua saúde bucal? É possível que nunca tenha ouvido falar a respeito, pois não é um assunto muito comentado.

De qualquer forma, essa informação não deve causar estranheza, pois todos sabemos que problemas de saúde em geral podem afetar a integridade oral e vice-versa. Por isso, é tão importante dedicar atenção à saúde do corpo e da boca.

Se você quer saber como o refluxo gastrointestinal pode prejudicar sua saúde, continue a leitura que falaremos a respeito. Primeiro, entretanto, vamos entender o que é o refluxo.

O que é refluxo gastrointestinal?

O refluxo gastrointestinal é uma doença digestiva, na qual os ácidos presentes no estômago voltam indevidamente em vez de seguirem seu fluxo normal da digestão. Esse movimento dos ácidos pode causar irritação nos tecidos que revestem o esôfago, causando uma sensação extremamente desagradável.

O refluxo acontece quando o músculo que deveria impedir que o ácido estomacal não saia de seu interior não cumpre sua função como deveria. Seus principais sintomas são:

  • dores na boca do estômago e queimação, que pode subir à garganta;
  • pigarro na garganta;
  • tosse seca;
  • gosto amargo na boca;
  • irritação na gengiva, além de sensibilidade e sangramento;
  • regurgitação de ácido ou alimentos;
  • dificuldades de engolir;
  • indigestão;
  • irritação crônica na garganta;
  • perda de peso;
  • náusea e vômitos;
  • fezes pretas.

Se você apresenta estes sintomas, é recomendável procurar um médico, para que ele avalie seu caso e inicie o tratamento o mais rápido possível, evitando problemas maiores.

Quais são as causas do refluxo?

Ao contrário do que muitos pensam, a principal causa do refluxo gastrointestinal não é o excesso de ácidos no estômago. Na verdade o problema pode surgir justamente pelo contrário: falta de ácidos suficientes, provocando dificuldade na digestão.

As causas mais comuns do refluxo são:

  • obesidade;
  • comer muito de uma vez só;
  • uso frequente de tabaco;
  • hérnia de hiato: (condição na qual a parte do estômago se move acima do diafragma, que é o músculo que separa as cavidades torácica e abdominal);
  • esclerodermia (doença autoimune que causa que causa inflamação no tecido conjuntivo);
  • consumo de álcool. 

Adicionalmente, é importante destacar que a gravidez e alguns medicamentos usados para depressão, enjoo, insônia e doença de Parkinson, por exemplo, podem piorar os sintomas de refluxo.

Como o refluxo gastrointestinal pode afetar sua saúde bucal?

Como dissemos anteriormente, os ácidos que voltam do estômago podem chegar até a boca. Por isso, caso o refluxo não seja tratado, pode causar problemas bucais. Isso acontece porque, além de prejudicar o esmalte dentário, a acidez bucal causada pelo refluxo pode contribuir para a proliferação de bactérias.

Veja quais os problemas bucais que podem ser causados pelo refluxo:

Erosão dentária

O ácido gastrointestinal diminui a quantidade e a qualidade da saliva. Isso causa a dissolução dos sais que compõem o esmalte dos dentes, o que chamamos de corrosão dentária. Assim, podemos afirmar que o refluxo gastrointestinal causa uma perda progressiva e irreversível da estrutura dental.

O tempo, a quantidade e a frequência dos refluxos podem deixar a camada dos dentes mais fina, tornando-os sensíveis e amarelados.

Boca seca e aftas

Os ácidos gástricos, se ficarem presentes na boca durante muito tempo podem causar inflamações nas glândulas salivares, reduzindo sua quantidade e o fluxo salivar e causando, por consequência, problemas de boca seca (xerostomia). Além disso, podem aparecer feridas na mucosa bucal, como aftas.

Perda dentária

O desgaste provocado pela erosão dentária pode causar problemas sérios na estrutura dental que exijam tratamentos invasivos. E se o paciente não seguir à risca a orientação do dentista durante o tratamento para recuperar o dente, pode até perdê-lo.

O que fazer para evitar que o refluxo danifique seus dentes?

Mesmo que sofra com o refluxo, você pode mudar alguns hábitos diários para amenizar os danos à sua saúde bucal. Veja como:

  • coma devagar e evite alimentos que estimulem a acidez do estômago como: pimenta, chá, café, frutas e bebidas cítricas, entre outros;
     
  • evite tomar suco, refrigerante, água ou qualquer outro líquido durante as refeições. Espere 1 ou 2 horas após a refeição para beber alguma coisa;
     
  • evite bebidas alcoólicas, pois elas relaxam o músculo responsável por abrir e fechar o canal do esôfago e provocam acidez no estômago;
     
  • evite água gaseificada e refrigerantes, pois o gás contido nessas bebidas aumentam a pressão intragástrica;
     
  • após ingerir alimentos ácidos, espere de 1 a 2 horas para escovar os dentes;
     
  • controle seu peso com uma dieta saudável e a prática frequente de exercícios físicos;
     
  • evitar comer grandes quantidades de comida, principalmente na hora do jantar. O ideal é comer pequenas porções ao longo do dia.

Seguir essas recomendações é importante para que os danos à sua integridade bucal sejam os menores possíveis, caso você sofra com refluxo.

Quais são as formas de tratamento da doença?

O refluxo gastrointestinal tem tratamento. Se você sofre com este mal, precisa procurar um médico, para evitar o surgimento de outros problemas de saúde, inclusive bucal. 

Por outro lado, se você já tem problemas bucais causados pelo refluxo, terá que tratá-los também. Deve-se iniciarr o tratamento o mais rápido possível pois as doenças bucais como erosão dentária são progressivas e irreversíveis. É necessário eliminar o mal pela raiz, acabando com a doença que causou a erosão dentária ou outros danos.

O tratamento para refluxo pode ser feito à base de medicamentos para diminuir a acidez gástrica ou ainda com uma mudança nos hábitos alimentares, que muitas vezes causam o refluxo. Esses tratamentos podem ser eficazes em alguns casos, porém em outros — quando o paciente sofre de hérnia de hiato volumosa ou esofagite persistente, por exemplo — é necessário procedimento cirúrgico.

O refluxo gastrointestinal deve ser tratado por um médico, mas é necessário o acompanhamento de um dentista para prevenir e tratar possíveis problemas relacionados à saúde bucal.

Nesse post, mostramos como o refluxo gastrointestinal pode afetar seus dentes e mencionamos que a gravidez pode piorar os sintomas. Quer saber mais? Então leia nosso texto sobre como cuidar da saúde bucal na gravidez