Uma das principais preocupações de quem precisa fazer, ou já está fazendo, um tratamento ortodôntico é quanto tempo demora para alinhar os dentes. A maioria dos pacientes espera que o dentista tenha uma resposta pronta, mas isso nem sempre é possível.

Diversos fatores influenciam na duração do tratamento. Sendo assim, há quem fique pouco tempo com o aparelho e outros que precisam de anos para alcançar os resultados desejados. Preparamos este artigo para explicar o que influencia nisso.

Continue lendo e conheça mais detalhes sobre os tratamentos ortodônticos, além do que pode atrasar ou favorecer o alinhamento dos dentes.

As principais causas dos dentes tortos

Um sorriso harmônico simétrico e com dentes alinhados valoriza muito a imagem de uma pessoa. Além das vantagens estéticas, essa característica também favorece a autoestima. Sendo assim, quando alguém tem dentes tortos, sua autoconfiança pode ficar abalada em função da insegurança com sua aparência, o que interfere nas relações interpessoais.

Dentes tortos são uma condição muito comum e provocada por diversas causas diferentes. Confira algumas delas a seguir:

Fatores genéticos

A informação genética do indivíduo determina o tamanho dos maxilares e dos dentes. Quando ela não é homogênea, causa uma desproporção entre eles. Assim, como não existe espaço suficiente para os dentes nascerem, eles se adaptam e ficam tortos.

Malformações

As malformações dos ossos da face interferem no posicionamento dos dentes e podem causar, também, problemas na mordida. Por isso, quando se verifica essa assimetria, é preciso fazer o tratamento ortodôntico e, em alguns casos, também trabalhar os ossos faciais.

Hábitos parafuncionais

Alguns hábitos cultivados na infância, ou mesmo adolescência e vida adulta, também deixam os dentes tortos. Esse é o caso de chupar o dedo, o uso prolongado de chupeta e mamadeiras, roer as unhas ou morder tampas de caneta. Nesses casos, existe um esforço excessivo da dentição, que causa o seu desalinhamento.

Etapas e duração do tratamento ortodôntico

Como você viu, diversos fatores podem deixar os dentes desalinhados e, além dessas causas diferentes, a gravidade de cada caso também é distinta. Há quem apresente um ligeiro apinhamento, mas também aqueles que têm dentes muito apinhados, que nasceram em lugares inadequados, problemas de mordida, entre outros.

A resposta orgânica do paciente também tem um peso muito grande nesse sentido. Quando os tecidos estão mais flexíveis os dentes se movimentam facilmente e o tratamento fica mais curto. É o que acontece com crianças e adolescentes, que geralmente ficam menos tempo com aparelho do que pessoas adultas.

Tudo isso influencia em quanto tempo demora para alinhar os dentes, já que é necessário planejar um tratamento específico para cada pessoa. Sendo assim, não existe uma regra específica quanto ao procedimento nem a duração dele, embora esse tempo costume variar entre 6 e 24 meses.

De toda forma, as etapas do tratamento ortodôntico são basicamente as mesmas para todos os pacientes. A seguir, explicamos quais são elas.

Avaliação

Nesse primeiro momento, o ortodontista estudará os dentes do paciente por meio de uma análise no próprio consultório para observar as suas necessidades. Neste momento também são solicitados exames complementares para que se possa investigar a condição dentária e óssea e auxiliar no melhor planejamento.

Documentação

É um conjunto de exames que servirão como base para o ortodontista seguir com o tratamento. São feitas fotografias, exames radiográficos e moldes da boca do paciente para obter o máximo de detalhes possível sobre suas características.

Planejamento

É possível planejar o tratamento ortodôntico por meio de tecnologias mais modernas. Com o uso do scanner intraoral e das imagens em 3D, o dentista consegue prever os resultados do tratamento e traçar cada uma das etapas. Esse planejamento digital é muito utilizado para quem pretende usar alinhadores, como o Invisalign®.

Intervenções

Em alguns casos, é necessário fazer intervenções antes do tratamento. A extração do siso é um exemplo disso. Também pode ser preciso tratar cáries, controlar inflamações e outras condições para equilibrar a saúde bucal.

Instalação do aparelho

Depois de feita a preparação, o aparelho ortodôntico é instalado. Atualmente existem diferentes tipos de dispositivos, então, a sua instalação varia, bem como as recomendações do dentista, caso o paciente use alinhadores ou aparelhos móveis.

Correções

Nessa etapa, são provocados estímulos mecânicos para que os dentes se movimentem. São corrigidos espaçamentos, apinhamentos, inclinação, giro, entre outros. Depois, é corrigida a mordida para que haja o encaixe perfeito entre os maxilares e os dentes em si, evitando espaços, desvios ou qualquer característica prejudicial para a estética e funcionalidade.

Contenção

Os tecidos de sustentação dos dentes têm uma espécie de memória que lhes dá a característica de voltarem a sua posição original. Por isso, depois de alinhar os dentes, é preciso que o paciente use uma contenção para evitar recidivas e garantir que os resultados alcançados serão mantidos.

Lembrando que as etapas variam para cada pessoa e de acordo com o tipo de tratamento que será feito. Isso tudo implica em quanto tempo demora para alinhar os dentes, mas outros fatores também influenciam nisso, como as manutenções, alguns hábitos e o profissional escolhido.

A importância de respeitar o prazo das manutenções

Nas consultas de manutenção é feita a ativação do aparelho ortodôntico. Isso significa que o dentista fará ajustes no dispositivo, a troca de peças ou alinhadores para que ele volte a estimular a movimentação dos dentes.

Afinal, a correção é feita aos poucos, então, quando o dente já se movimentou até um determinado ponto, ele permanece ali até receber um novo estímulo para se ajustar um pouco mais. Por isso, é muito importante não faltar nessas consultas.

Se isso acontece, os dentes permanecem muito tempo no mesmo lugar, o que atrasa o andamento do tratamento. O intervalo entre as consultas varia para cada pessoa e depende do dispositivo utilizado. Mas, independentemente disso, é fundamental comparecer às datas agendadas para garantir a movimentação contínua.

Hábitos e fatores que interferem no tratamento

Quem está preocupado com quanto tempo demora para alinhar os dentes precisa também estar atento aos hábitos e fatores que podem interferir negativamente nesse processo. Eles devem ser evitados para que o tratamento não sofra atrasos nem os resultados sejam perdidos.

Para que você fique o menor tempo possível usando o aparelho ortodôntico é fundamental:

  • não faltar às consultas de manutenção;
  • evitar aquilo que possa danificar o aparelho, como roer as unhas ou morder objetos;
  • cuidado na hora da alimentação, evitando alimentos duros;
  • permanecer com o aparelho móvel ou alinhador pelo tempo diário recomendado;
  • cuidar bem da higiene bucal;
  • realizar o tratamento até o final.

É preciso ter um pouco de disciplina para reduzir o tempo de tratamento e evitar a necessidade de reparos no aparelho ou problemas bucais que exigirão tratamento. Tudo isso desvia o foco e provoca atrasos.

O papel do profissional para reduzir o tempo de tratamento

É importante ressaltar que a atuação do profissional que você escolher também influencia em quanto tempo demora para alinhar os dentes. O modo como ele planeja e executa o tratamento é fundamental para garantir uma melhor resposta do organismo.

O ortodontista precisa estudar muito bem cada caso, definir aquilo que é melhor para cada paciente e estimular a movimentação no tempo certo. Além disso, é uma responsabilidade muito grande, já que o tratamento ortodôntico altera as características faciais do paciente. Sendo assim, precisa ser bem realizado para garantir estética e funcionalidade.

Na hora de escolher o ortodontista, procure por aquele que tenha experiência e credibilidade no mercado. Na fase de planejamento é possível que se tenha uma estimativa de tempo de tratamento, e isso deve ser exigido do seu ortodontista. Entretanto, caso não haja colaboração durante o tratamento, não se consegue um resultado satisfatório no tempo previsto. Então, siga as recomendações do seu ortodontista e faça a sua parte para que esse trabalho conjunto resulte em um sorriso saudável e harmônico.

A duração do tratamento ortodôntico é a dúvida de muita gente. Por isso, compartilhe esse artigo em suas redes sociais para que seus amigos possam conhecer esses detalhes.