Encontrar um dentista de confiança e que realmente domine determinadas técnicas de tratamento nem sempre é uma tarefa fácil. Com um mercado tão amplo, é essencial fazer uma boa pesquisa. Afinal de contas, é a saúde da sua boca que está em jogo, não é mesmo?

Algumas dicas podem lhe ajudar na hora de escolher um bom dentista em Goiânia, seja para você ou para a sua família. Quer saber quais são? Então continue lendo este post e veja como identificar o profissional mais preparado para atender às suas necessidades. Boa leitura!

1. Peça indicações e saiba a reputação do dentista

Amigos e familiares são ótimos nesse momento. Converse com eles e peça indicações de profissionais, principalmente se souber de alguém que passou recentemente por um tratamento semelhante ao que você precisará fazer.

Se estiver mudando de cidade, converse com o seu atual dentista e peça a ele que indique um profissional de confiança para continuar cuidando da sua saúde bucal. Além disso, você também pode ver na internet a reputação da clínica e do dentista, acessando sites como o Reclame Aqui ou até mesmo as redes sociais da própria clínica.

Leia os comentários com as opiniões de outras pessoas. Caso existam algumas reclamações ou problemas relatados, analise como o profissional se porta diante desses casos. Dar uma resposta ao paciente e tentar resolver a situação, por exemplo, é um indício do nível de profissionalismo e de ética do dentista ou da clínica onde ele atua.

2. Saiba quais são as especialidades do dentista

Se você precisa fazer um implante, por exemplo, não adianta encontrar um ótimo ortodontista. Cada profissional possui uma especialização e, por isso, pode ser mais ou menos recomendado para realizar determinados tipos de tratamento.

Assim, busque entender primeiro quais são suas necessidades e depois comece a pesquisar por profissionais que sejam especializados nessa área. Quanto mais específico você for nesse sentido, melhores serão os resultados alcançados.

Para ter certeza de que o dentista é realmente especialista na área, procure saber a formação dele, verificando quais certificações ele possui, há quanto tempo atua nessa área e qual a experiência clínica dele com casos semelhantes ao seu.

3. Observe a ética do dentista

Um profissional ético é aquele que age de acordo com o código da sua profissão. Se o dentista o desrespeita, por exemplo, fazendo propagandas fora do que é permitido, como você espera que ele atue de maneira idônea com seus pacientes?

O código de ética da odontologia proíbe os profissionais de:

  • realizarem a divulgação ou oferecerem serviços por meio de cartões de desconto, sites de compras coletivas ou promocionais, carros ou caixas de som, entre outros;
  • fazer propagandas usando imagens de antes e depois, oferecer serviços gratuitos ou modalidades diferenciadas de pagamentos, visando “ludibriar” o paciente.

Assim, preste atenção a esses pontos e ao tipo de propaganda que o profissional faz. Se ela ferir o código de ética, desconfie. Além disso, lembre-se de que o dentista que mais investe em propaganda não é necessariamente o que oferecerá o melhor serviço para você. É preciso discernir entre o que é puro marketing e o que é real.

4. Marque uma primeira consulta e preste atenção a alguns detalhes

Uma primeira consulta é bastante reveladora e poderá lhe ajudar a encontrar o profissional certo para as suas necessidades. Nesse momento, você poderá notar vários pontos que vão desde a clínica até a atuação do profissional.

Analise se a clínica:

  • fica bem localizada, em um ponto de fácil acesso da sua cidade, com estacionamento e outras comodidades;
  • possui funcionários bem treinados e capacitados;
  • é limpa e oferece conforto na sala de espera e nas demais imediações;
  • conta com outros profissionais e serviços, que possam facilitar na hora de realizar determinados procedimentos.

Em relação ao profissional, também existem muitos pontos importantes que precisam ser considerados, como:

  • a pontualidade em lhe atender, a atenção, a paciência e o respeito;
  • o exame da sua boca, que deverá ser completo e personalizado;
  • as explicações para o tratamento proposto, buscando tirar todas as suas dúvidas e pontuando o tempo de duração, os procedimentos que devem ser feitos, a recuperação, os materiais usados, entre outros;
  • a explicação sobre os preços e as formas de pagamento;
  • o respeito às normas de biossegurança, com o uso de materiais esterilizados e individuais.

Além disso, converse com o profissional para averiguar se ele está realmente interessado em lhe tratar ou quer apenas vender um serviço. Quanto ao exame, veja se ele é cuidadoso e se faz o procedimento completo, analisando também a funcionalidade da sua boca, a musculatura do seu rosto, sua ATM e outros fatores.

Aproveite também para falar caso você tenha algum problema de saúde, como diabetes, que precise de cuidados diferenciados. Por fim, verifique se o profissional pede exames adicionais antes de fechar o seu diagnóstico e tratamento — algo bem importante em casos de implantes, aparelhos ortodônticos, entre outros.

Outro cuidado que você deve ter é se a sua intenção for realizar um tratamento estético. Nesse caso, é importante que você entenda quais são os resultados possíveis e analise se o dentista lhe vende algo real.

5. Analise a modernidade da clínica

Uma clínica moderna e bem equipada é algo muito importante, afinal, poderá tornar os seus tratamentos mais rápidos, menos dolorosos e com resultados muito melhores. Assim, aproveite a sua primeira consulta para analisar esse ponto, conversando com o dentista e buscando entender quais técnicas e equipamentos ele usará no seu tratamento.

Busque saber também se o dentista está atualizado e se já trabalha com técnicas e recursos mais modernos, como anestesia computadorizada, lentes de contato dental, aparelhos invisíveis, entre outros. Quanto maior a eficácia dos equipamentos da clínica, melhor será para o seu tratamento.

6. Procure uma segunda opinião

Não tenha pressa em escolher o seu dentista. Se achar necessário, marque outras “primeiras” consultas, ouvindo opiniões diferentes e encontrando aquele profissional que lhe deixe mais confiante e seguro em relação ao tratamento proposto.

Se você está em busca de um dentista em Goiânia para toda a família, por exemplo, tente encontrar aqueles profissionais que tenham experiência com crianças e, se possível, marque uma consulta para elas. Assim, você saberá também a opinião dos seus filhos.

Tão importante quanto o currículo do dentista é você se sentir confortável, à vontade e seguro com as recomendações do profissional. Por isso, na hora de pesquisar, considere sempre alguns fatores não palpáveis como a cordialidade, a pontualidade, o profissionalismo, o respeito, entre outros.

Com essas dicas, ficou mais fácil encontrar um bom dentista em Goiânia? Está procurando uma clínica completa para você e sua família? Então entre em contato conosco e agende uma avaliação!